Destaques

Rafael Murió

rafael_murio

A arte de Rafael Murió

A transformação de sonhos em realidade. Assim é a obra do artista plástico Rafael Murió, que está comemorando quase meio século de seu primeiro trabalho.

Ao classicismo do seu aprendizado, faz contracenar o romantismo de sua personalidade sonhadora. Seus quadros nascem de uma visão que chega do interior. A inspiração pode apresentar-se através do ambiente, de fotografias, cinema... Mas chega com vida independente, elaborada inconscientemente e impondo-se com a força da alma. Suas obras são possuídas de um vigor que salta aos olhos.

Rafael Murió é inspiração e arte. Mesmo utilizando muita técnica em seus trabalhos, ele é um homem de emoções. Emoções estas que se contradizem e se confrontam em temas que vão desde as flores, paisagens, marinhas e abstrato, ao boxe e à religião. Segundo ele mesmo, "a pintura não é um retrato do mundo, mas uma interpretação" e, por isso, "o artista não mostra o que vê, mas o que sente". O pintor é dos poucos brasileiros que também faz obras ao estilo sumi-ê (técnica de pintura japonesa).

O artista tem como um de seus grandes mestres no Brasil Enrico Bastiglia, tradicional pintor de afrescos de igrejas do Estado de São Paulo. No exterior, desenvolveu sua técnica e estilo através de viagens e estudos feitos em museus e ateliês de artistas plásticos na Espanha, Portugal, Paris, Alemanha, Itália e Estados Unidos.

Reconhecido internacionalmente, Rafael Murió participa frequentemente de exposições individuais e coletivas, nacionais e internacionais, e tem obras presentes em acervos de grandes colecionadores, principalmente europeus, americanos e australianos. No País, seus trabalhos estão presentes junto aos principais leiloeiros do mercado de arte, além de galerias e museus. Detém inúmeros certificados, prêmios e menções honrosas, além de registros em diversos guias de arte. Atualmente, é filiado à Associação Internacional de Artes Plásticas (AIAP UNESCO), à Associação Internacional de Arte (IAA UNESCO), à Academia Latino-Americana de Arte (ALA), Academia Brasileira de Arte Cultura e História (ABACH), à Associação Paulista de Belas Artes (APBA) e ao Sindicato dos Artistas Plásticos no Estado de São Paulo (SINAPESP).

Conteúdos Relacionados:

Pablo Picasso | Di Cavalcanti | Botero | Iole de Freitas | Portinari | Victor Brecheret | Rugendas | Almeida Júnior | Benedito Calixto de Jesus | Ismael Néri Lasar Segal | José Pancetti | Cândido Portinari | Anita Malfatti | Heitor dos Prazeres | Mário Zanini |Tarsila do Amaral Flávio de Carvalho | Aldo Bonadei  | Heitor dos Prazeres | Flávio de CarvalhoDjanira da Mota e Silva | Alberto da Veiga Guignard | Aldo Bonadei

Veja mais 


AddThis Social Bookmark Button