Destaques

Bairro Campos Elíseos

No local anteriormente denominado Chácara Mauá, o bairro dos Campos Elíseos cresceu, acompanhando as mudanças na paisagem urbana da cidade. Até o final do séc XIX, era uma região pacata e sem grande movimento. Com a inauguração da Estrada de Ferro Sorocabana, em 1875, e o serviço de abastecimento 
domiciliar de água da Cia. Cantareira em 1882, os fazendeiros e produtores de café, ocuparam os terrenos que fariam parte do primeiro bairro planejado da cidade.

Frederico Glette e Victor Nothmann,entregaram a execução do projeto de loteamento da chácara Mauá, ao engenheiro Hermann von Puttkamer. Os lotes foram posteriormente vendidos e ocupados por mansões, muitas delas, réplicas de palacetes franceses. A antiga residência da sofisticada família de Elias Antonio Pacheco Chaves, construída em 1899, resistiu ao tempo. A arquitetura, inspirada num castelo francês de 1530, não sofreu alterações que a pudesse descaracterizar de maneira radical. Foi utilizada como sede do governo até 1972, e atualmente está sendo ocupada pela Secretaria de Ciência, Tecnologia, e Desenvolvimento Econômico do Estado.

Há uma escola hoje, onde em 1885 os padres salesianos da Confraria de S. Vicente de Paula, ergueram o Santuário do Sagrado Coração de Jesus. A construção, em estilo renascentista, ocupava uma área de 17 mil metros quadrados. D. Veridiana Valéria da Silva Prado, figura marcante na história da cidade, ofereceu à igreja o altar-mor, de mármore italiano, e o Cristo Redentor, colocado no alto da torre. 

Aos domingos o largo Coração de Jesus era ponto de encontro dos freqüentadores elegantes das missas matutinas.

Em 1900, é inaugurada a primeira linha de bonde de São Paulo. Posteriormente em 1938, a Estação Ferroviária Julio Prestes, atualmente restaurada de maneira exemplar. O Prefeito Prestes Maia inicia um projeto de urbanização na região: alargamento de avenidas, construção de praças, monumentos. Com a vinda dos imigrantes italianos, e a criação do Liceu de Artes de Ofícios, essas obras podiam ser realizadas com mão de obra especializada.

O documentário, Campos Elíseos, dirigido por Ugo Giorgetti em 1973, retrata a deterioração do bairro a partir de 1950. A instalação da Estação Rodoviária em 1961, muito contribuiu para a alteração do espaço urbano dessa região da cidade e a criação de um comércio local constituído de lojas de todos os tipos, camelôs, pequenos hotéis, lanchonetes, e intenso movimento de uma população crescente vinda de outras regiões do país. No período da ditadura militar, o temível Departamento de Ordem Política e Social, funcionava nas imediações.

Atualmente existem diversas organizações interessadas nos projetos de restauro, e melhoria das condições de algumas construções tombadas pelo Condephaat.

São Paulo Antigamente | Fundação da Cidade de São Paulo | História de São Paulo | José de Anchieta | Manoel da Nóbrega | Tamanduateí Anhangabaú Largo São Francisco | Paissandú Largo | Praça da Sé |Praça da República | Praça Ramos de Azevedo | Praça Patriarca




AddThis Social Bookmark Button