Destaques

Olavo Setubal

olavo

Olavo Setubal assumiu a Prefeitura com uma frase bombástica : "Gerir São Paulo é a mesma coisa que gerir uma Suíça e uma Biafra ao mesmo tempo". Indicado pelo governador Paulo Egidio Martins, Olavo Setubal tinha um destacado currículo profissional e familiar. Filho do historiador e romancista Paulo Setubal, foi o 3º professor da Escola Politécnica a se tornar prefeito de São Paulo - assim como Prestes Maia e Figueiredo Ferraz. Além disso era banqueiro, responsável pela expansão do Banco Itaú.

Teve uma boa administração, preocupando-se com o estabelecimento de um equilíbrio entre obras e serviços. Nos últimos meses de sua gestão declarou: "Acredito ter sido o primeiro prefeito da cidade a dar ênfase igual a obras e serviços - e isso representou uma grande modificação na filosofia de administração municipal". Criou a Secretaria de Habitação e Desenvolvimento Urbano e construiu 30 mil casas populares através da Cohab. Concluiu a linha Norte-Sul do metrô em toda a sua extensão e iniciou a linha Leste-Oeste, projetada por Figueiredo Ferraz em superfície, acompanhando o leito da ferrovia. Para diminuir a poluição causada pelo óleo-diesel dos ônibus - o maior poluente atmosférico da cidade - Setubal investiu em novas linhas de trólebus, movidos a eletricidade. Implantou os calçadões no centro e ampliou a praça da Sé, dando-lhe a feição atual - o que lhe valeu inúmeras críticas, seja pela má funcionalidade na circulação das pessoas, obrigadas a contornar espelhos d'água, seja pelo sofrível resultado estético.

Teve o desgosto de constatar que a "Biafra" aumentou em sua gestão, principalmente em função de um fluxo migratório de nordestinos não correspondido por uma expansão da oferta de empregos, o que levou a uma multiplicação de favelas.

Fonte: Eleições 2000

Conteúdos relacionados:

 

Rugendas | Almeida Júnior | Benedito Calixto de Jesus | Ismael Néri Lasar Segal | José Pancetti | Cândido Portinari | Anita Malfatti | Heitor dos Prazeres | Mário Zanini |Tarsila do Amaral Flávio de Carvalho | Aldo Bonadei  

Veja mais 

AddThis Social Bookmark Button