Destaques

Dos prováveis candidatos à presidência da república em 2018. Qual é o de sua preferência?

Tamanduateí

Tamanduateí e seus Afluentes

-Água Grande, córrego - Nasce no bairro Camilópolis e deságua no córrego Jundiai, que daságua do Tamanduateí, em Santo André.

-André Ramalho, córrego - Nasce no bairro Curuçá e deságua no Tamanduateí, em Santo André.

-Anhangabaú, córrego - Nasce no centro de São Paulo, na região de Cerqueira César, nas proximidades da Av. Paulista, corre entubado sob a Av. 9 de Julho e o vale do mesmo nome e deságua no Tamanduateí, próximo à Av. Cruzeiro do Sul, em São Paulo.

-Apiai, córrego - Nasce no Jardim do Estádio, em Santo André.

-Bahamas, córrego - Nasce no Jardim das Maravilhas, em Santo André e deságua no ribeirão Oratório, que deságua no Tamanduateí.

-Barracão de Cedro, córrego - Nasce no Jardim Ipê, em Mauá e deságua no Tamanduatei.

-Beraldo, córrego do - Nasce no bairro Campestre, em Santo André e deságua no Tamanduateí.

-Bocaina, córrego da - Nasce no jardim Itapark, em Mauá e deságua no Tamanduateí.

-Boqueirão, córrego - Nasce na vila Moraes, em São Paulo, deságua no córrego Moinho Velho que percorre o canteiro central da Av. das Juntas Provisórias, no Ipiranga e deságua no Tamanduateí.

-Capitão João, córrego - Nasce no Jardim Pilar, em Mauá e deságua no Tamanduatei.

-Carapetuba, córrego - Nasce na vila Assunção, dentro do Parque Central, em Santo André e deságua no Tamanduateí.

-Cassaqüera, córrego - Nasce no condomínio Maracanã, em Santo André e deságua no Tamanduateí.

-Cemitério, córrego do - Nasce na vila Valparaiso, atravessa o Paço Municipal de Santo André e deságua no Tamanduateí.

-Comprido, córrego - Nasce no alto da vila Curuçá, em Santo André e deságua no Tamanduateí.

-Corumbé, córrego - Nasce na vila Nova Mauá, em Mauá e deságua no Tamanduateí.

-Divisa, córrego da - Nasce na vila Pinheirinho, em Santo André, corre entubado, paralelo à avenida Pereira Barreto, passa sob o supermercado BIG e Shopping ABC, deságua no córrego Carapetuba, que deságua no Tamanduateí.

-Feital, córrego - Nasce na vila Lisboa, em Mauá, deságua no córrego Todos os Santos, que deságua no Tamanduateí.

-Guaixaya, córrego - Nasce no Parque Capuava, em Santo André, próximo ao Pólo Petroquímico, corre entubado até a Cooperhodia, sob a avenida das Nações e a partir daí corre canalizado à céu aberto, desaguando no ribeirão Oratório, que deságua no Tamanduateí.

-Guarará, córrego - Nasce na vila Suíça, em Santo André e percorre canalizado à céu aberto a Av. Guarará, passa ao lado do Estádio Bruno José Daniel, cruza entubado sob a Av. Santos Dumont, passa canalizado à céu aberto entre a Firestone e o Carrefour e deságua no Tamanduateí. Durante vários anos abasteceu de água a piscina natural que havia no Clube Aramaçã.

-Ipiranga, riacho do - Nasce no bairro da Água Funda, na Capital, dentro do Parque do Estado, ao lado da rodovia dos Imigrantes e do Jardim Zoológico, percorre canalizado à céu aberto a Av. Ricardo Jafet, atravessa em frente ao Museu do Ipiranga, desaguando no Tamanduateí.

-Itrapoá, ou Trapoá, córrego - Nasce na cidade São Jorge, em Santo André, faz divisa com Mauá, deságua no córrego Cassaquera, que deságua.

-João Ramalho, córrego - Nasce no Parque João Ramalho, em Santo André, corre entubado sob a avenida do mesmo nome, desaguando no Tamanduateí.

-Jundiaí, córrego - Nasce no Parque das Nações, em Santo André, corre canalizado a céu aberto pelo bairro Bangú, desaguando no Tamanduateí.

-Laranjeira, córrego - Nasce em Sertãozinho, Mauá, deságua no ribeirão Pedra Branca, que deságua no córrego Taboão que deságua no Tamanduateí.

-Lavapés, córrego - Nasce no Parque das Nações, em Santo André, deságua no ribeirão Oratório, que deságua no Tamanduateí.

-Maria Quitéria, córrego - Nasce bairro Camilópolis, em Santo André, deságua no ribeirão Oratório, que deságua no Tamanduateí.

-Meio, córrego do - Nasce no Parque Oratório, deságua no ribeirão Oratório, que deságua no Tamanduateí.

-Meninos, ribeirão dos - Nasce no Parque Terra Nova II, atrás da montadora Volkswagen, em São Bernardo, corre entubado sob o corredor do troleibus, todo o centro da cidade e a céu aberto a partir do Paço Municipal, fazendo divisa entre São Bernardo e Santo André; São Bernardo e São Caetano; São Caetano e São Paulo, desaguando no Tamanduateí, no bairro da Fundação, em São Caetano.

-Moinho, córrego do - Nasce no bairro Olímpico, em São Caetano (Conhecido no passado como córrego da Ressaca), corre entubado sob a Av. Keneddy e deságua no Tamanduateí.

-Moinho Velho, córrego do - Nasce no bairro do Moinho Velho, em São Paulo, corre canalizado a céu aberto no eixo da Av. das Juntas Provisórias, no bairro do Ipiranga, desaguando no Tamanduateí.

-Moóca, ribeirão da - Nasce na vila União, ao lado da Av. Sapopemba, na Capital, percorre entubado todo canteiro central da Av. Prof. Luis Inácio de Anhaia Melo, desaguando no Tamanduateí, próximo a favela de vila Prudente.

-Nova Zelândia, córrego - Nasce no Parque Capuava, em Santo André, deságua no ribeirão Oratório, que deságua no Tamanduateí.

-Oratório, ribeirão - Nasce na vila Nova Mauá, em Mauá, faz divisa entre São Paulo e Mauá; e São Paulo e Santo André, desaguando no Tamanduatei.

-Pedra Branca I, ribeirão - Nasce próximo à Av. Papa João XXIII, em Mauá, deságua no córrego Taboão, que deságua no Tamanduateí.

-Pedra Branca II, córrego - Nasce no Jardim Primavera, em Mauá, deságua no córrego Taboão, que deságua no Tamanduateí.

-Pedreira, córrego - Nasce no Jardim Itaveva, em Mauá e deságua no Tamanduateí.

-Pinheirinho, córrego - Nasce no Jardim Aclimação, ao lado da Av. São Bernardo, em Santo André, deságua no córrego Guarará, que deságua no Tamanduateí.

-Serraria, córrego - Nasce na vila Carlina, em Mauá, deságua no córrego Taboão, que deságua no Tamanduateí.

-Sorocaba, córrego - Nasce no Parque João Ramalho, em Santo André e deságua no Tamanduateí.

-Staquim, córrego - Nasce no Jardim Ipê, em Mauá, deságua no córrego Corumbé, que deságua no Tamanduateí.

-Taboão, córrego - Nasce no Jardim Primavera, em Mauá e deságua no Tamanduateí.

-Taubaté, córrego - Nasce na vila Metalúrgica, em Santo André, deságua no ribeirão Oratório, que deságua no Tamanduateí.

-Todos os Santos, córrego - Nasce no Jardim Bandeirantes, em Mauá e deságua no Tamanduateí.

Obs: A maioria desses córregos encontram-se total ou parcialmente entubados e transformados em canais coletores de esgoto.

Fonte: www.abcdaecologia.hpg.ig.com.br

Museu do Ipiranga | MASP | MAM | MUBE | MAC - USP | PinacotecaLargo São Francisco | Largo São Bento | Praça da República | A História da Prefeitura de São Paulo | A Fundação da Cidade de São Paulo | Cronologia dos Acontecimentos | São Paulo Antigamente | Rio tamanduateí Rio Tietê | Rio Pinheiros | Banespinha Barão de Itapetininga | Rua Conselheiro Crispiniano | História - Como se fêz o Viaduto do Chá | História de umaCatedral |Prédio da Light

Veja mais

AddThis Social Bookmark Button